Perspectiva do Projeto de Reforma da fachada

 

História


Na década de 1920, antes da emancipação do município, os presbiterianos independentes começaram a chegar na região. Na década de 1930 começaram a se reunir, primeiramente nas casas e depois organizaram uma congregação. O primeiro templo foi construído na rua Guaianazes, 596.

No dia 24 de maio de 1942, sob a presidência do reverendo Lauresto Rufino, reuniu-se a Comissão Especial do Presbitério Noroeste para organizar a então congregação, em igreja emancipada.

O templo na rua Bororós, 816, foi inaugurado em 31 de julho de 1963 e tem capacidade para cerca de 500 pessoas.


Atuação


A Igreja Presbiteriana Independente participa ativamente da vida da comunidade tupãense, principalmente na área social. 
Há 14 anos, a igreja implantou uma filial da Associação Bethel que, através do Projeto Casa da Liberdade, atende adolescentes em conflito com a lei, em parceria com a Prefeitura, a Fundação Casa e o Poder Judiciário, assumindo com isso a municipalização das medidas socioeducativas, executando em Tupã o que dispõe o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) nos artigos 117, 118 e 119, ou seja, prestação de serviço à comunidade e liberdade assistida.
Ao mesmo tempo outro projeto é desenvolvido para dar suporte ao atendimento das famílias de nossa comunidade, o  Projeto Transformar, que possui atividades lúdicas, recreativas e orientações educativas e sociais.

Somos uma comunidade que se importa com pessoas. Entendemos o dever de fazer seguidores de Jesus Cristo.

A IPIT tem por fim o culto a Deus, o ensino da Palavra de Deus, o aperfeiçoamento da vida cristã e a proclamação do Evangelho.

 

 

 

 

 

Crer

O símbolo possui a representação de uma cruz expressa através de um vitral modernizado.

Espiritualidade

A forma triarestada também representa a trindade, Pai, Filho e Espiríto Santo.

União

A cruz de Cristo ao centro é o elo que articula e traz sentido à união da comunidade